Fonte: Cruzeiro.com.br

O empate por 2 x 2  com o Deportivo Itália, na noite desta quinta-feira, no estádio Olímpico, fez com que o Cruzeiro confirmasse o ótimo retrospecto contra os venezuelanos. Em 11 jogos, foram nove vitórias celestes e dois empates. O time marcou 30 gols e sofreu apenas oito.

Em sete jogos em solo venezuelano foram cinco vitórias e dois empates. O time estrelado marcou 14 e levou apenas cinco.

Mas a manutenção da invencibilidade história contra os venezuelanos não deixou o time satisfeito. Para o atacante Thiago Ribeiro, o resultado teve um sabor de derrota. O velocista analisa que o Cruzeiro tinha tudo para sair com os três pontos de Caracas.

“Pelas circunstancias do jogo, (o resultado) foi ruim. Tínhamos o jogo controlado e não poderíamos tomar o gol como foi ali. Foi um escanteio curto, tivemos uma desatenção e tomamos o gol. Tínhamos o placar a nosso favor e poderíamos ter feito o terceiro para matar a partida”, destacou.

Já o armador Pedro Ken lamentou o resultado, mas ressaltou que a Raposa tem condição de conquistar duas vitórias nas próximas partidas no Mineirão, contra o Deportivo Itália e Vélez Sarsfield.

“Conseguimos virar o placar e depois com uma desatenção tomamos o gol de empate. Mas acho que temos que levantar a cabeça e ir com tudo para este dois jogos dentro de casa e tentar a vitória. Só depende de nós e vamos para cima”, observou.

Anúncios