Fonte: Terra.com.br

A equipe vice-campeã da Libertadores do ano passado do Cruzeiro perdeu jogadores como Ramires, Wagner e Gérson Magrão. Por outro lado, peças importantes também foram contratadas. Para o técnico Adilson Batista, o grupo celeste teve uma pequena mudança em sua característica para a disputa do torneio continental desta temporada.

“Muda a característica. Por exemplo, o Ramires é diferente de qualquer um. Ele criava muitas oportunidades mesmo sem a bola. Mas agora você acrescenta com qualidade e experiência, com Roger e Gilberto. Por outro lado, perde um pouco de saída, dinâmica e velocidade. Cada jogador tem a sua característica”, afirmou Adilson Batista.

Preocupado com o compromisso de quinta-feira, Adilson elogia o Colo-Colo, adversário celeste em Santiago.

“Independentemente de eles precisarem de uma goleada, o Colo-Colo tem jogado bem. Eu vi os jogos, é um time organizado, tem bons jogadores, um sistema definido. É uma escola que sai, que toca bem a bola. Teve dificuldades recentemente contra Sport e Palmeiras (em 2009), mas é uma escola boa de se ver jogar futebol. Acho que vai ser um jogo gostoso de participar”, disse o treinador.

Anúncios