Fonte: UOL Esporte

Nesta quarta-feira, a partir das 21h50 (horário de Brasília), o Cruzeiro faz sua “despedida” do Mineirão, diante do Santos. No último jogo no estádio da Pampulha antes do fechamento para obras visando à Copa do Mundo de 2014, o time celeste pretende se apoiar em sua casa para se reabilitar de derrota para o Ceará na última rodada do Brasileirão.

“É praticamente o último jogo em casa. Ficamos sentidos porque é a nossa casa, o nosso lar, onde estamos acostumados a jogar, mas temos que fechar com boa vitória, ainda mais contra o Santos”, afirmou o volante Henrique.

O volante Fabinho espera por dificuldades enquanto o Cruzeiro jogar longe do Mineirão. “Vai ser complicado, porque o Mineirão é nossa casa, onde estamos acostumados a jogar. Usamos bem as dimensões, porque é um campo diferenciado, grande. Vai complicar um pouco porque vamos jogar fora de Belo Horizonte. Mas faz parte. Cabe a nós trabalhar e passar por cima dessa dificuldade”, analisou.

O Cruzeiro ainda não confirmou onde mandará seus jogos no período em que o Mineirão estiver fechado para obras. O local mais provável é a Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, que passa por reformas para receber as partidas dos times da capital mineira até 2013, quando o estádio da Pampulha será reaberto.

“A equipe é muito acostumada a jogar no Mineirão e faz valer a sua força. Teremos que nos adaptar aonde formos jogar. Termos de ter empenho dobrado para se adaptar ao novo estádio”, comentou o goleiro Fábio.

Ele avalia que as reformas no Mineirão serão importantes para deixar o principal estádio de Minas Gerais em boas condições. “Vai ser um estádio totalmente novo. Essa Copa vai favorecer para que nossos estádios tenham estrutura de primeiro mundo. Não adianta ter só uma seleção que se destaca e estádios distantes da Europa e da Ásia”, observou.

Para o goleiro cruzeirense, a partida diante do Santos terá importância ainda maior. O arqueiro colocará seus pés na calçada da fama do Mineirão. “É um presente de Deus. É maravilhoso receber essa homenagem antes da partida. É super importante, pelos jogadores que já estão e eu tão novo já ser reconhecido. A gente fica grato pelo carinho de todos”, disse.

Depois da partida diante do Santos, o Cruzeiro ainda fará mais um jogo antes da paralisação para a Copa do Mundo da África do Sul. No domingo, o time celeste enfrentará o Atlético-GO, em Goiânia.

Anúncios