Fonte: Globo Esporte

O Cruzeiro sofreu mais uma baixa em relação ao grupo que viajará aos Estados Unidos, para realizar dois amistosos, contra o New England Revolutions, no dia 13, e o New York, em Nova Jersey, no dia 18. O goleiro Fábio sofreu duas crises apendiculares e terá o apêndice retirado.

Essa não é a primeira vez que Fábio sofre com esse tipo problema. Em 2009, o goleiro desfalcou a equipe celeste, após sentir dores abdominais intensas, depois do empate em 1 a 1 com o Botafogo, no Maracanã.

– Estamos diante de um atleta em atividade com crise apendicular, que poderia impor necessidade de cirurgia em situação de urgência, sem respeitar a agenda. Discutimos com a comissão técnica e principalmente com o Fábio sobre a possibilidade de fazer a cirurgia de maneira eletiva. Ele concordou e isso vai acontecer agora – detalhou Paulo Roberto Gomes, médico do Cruzeiro, ao site oficial.

A ausência de Fábio do grupo que jogará nos Estados Unidos logo abriu diversas especulações de que o goleiro estaria, na verdade, sendo negociado com o futebol da Europa. Nas últimas semanas, Juventus da Itália e Sporting de Portugal manifestaram interesse em contar com o jogador. Entretanto, o próprio Fábio e a diretoria celeste afirmaram que não existe nenhuma negociação em andamento.

Fábio ficará fora dos gramados de quatro a seis semanas.

Mais uma cirurgia

Outro jogador que também será operado é Thiago Heleno. O zagueiro sofrerá uma cirurgia para corrigir uma hérnia inguinal. O prazo de recuperação também é de quatro a seis semanas.

– O Thiago Heleno vinha com dores na região inguinal, e nós detectamos que ele tem uma hérnia que não seria de indicação imperativa de cirurgia. Isso nos permitiu agendar para um melhor momento, que seria na parada da Copa do Mundo. Ele vai se submeter a uma hernioplastia e nós esperamos que essas dores se resolvam – disse Paulo Roberto Gomes.

Anúncios