You are currently browsing the tag archive for the ‘desfalque’ tag.

Fonte: Site Oficial

O Cruzeiro não contará com o futebol do zagueiro Cláudio Caçapa no jogo deste domingo, às 18h 30, contra o Fluminense, no Mineirão, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador teve diagnosticado nesta sexta-feira um estiramento muscular na coxa direita que o afastará dos treinos por um prazo de dez a 15 dias.

O médico Sérgio Freire Júnior explica que o jogador se machucou nos 3 x 2 sobre o Santo André, na última quarta-feira, quando foi substituído por Leandro Lima, aos 30 min do segundo tempo.

“O Caçapa saiu da partida de quarta-feira com uma dor na região posterior coxa direita. Tratamos durante a quinta-feira, com melhora, e optamos assim mesmo por um exame de ressonância magnética que mostrou um pequeno estiramento de grau um. Ele está fora do próximo jogo e mantém um tratamento com a previsão de retorno em dez, 15 dias”, disse.

Se Caçapa não poderá atuar, Adilson Batista contará com o retorno do zagueiro Gil, que cumpriu suspensão diante do Santo André. Ele deve formar dupla com Thiago Heleno, já que o capitão Leonardo Silva segue em tratamento de lesão na panturrilha direita.

Anúncios

Fonte: UOL Esporte

Depois de perder o atacante Wellington Paulista por duas a três semanas, em conseqüência de um estiramento muscular na panturrilha direita, o Cruzeiro pode ficar sem outro titular para enfrentar o Botafogo, no próximo domingo, no Mineirão. O zagueiro Leonardo Silva sente um incômodo no mesmo local do artilheiro cruzeirense no Brasileiro, com 11 gols.

Ele foi submetido a um exame de ressonância magnética na panturrilha direita, na tarde desta quinta-feira, cujo resultado será conhecido na manhã desta sexta-feira, quando haverá outro treinamento celeste. Dessa forma, Leonardo Silva é dúvida do técnico Adilson Batista para o confronto de domingo.

A vaga de Leonardo Silva, no treino desta quinta-feira, foi ocupada por Thiago Heleno, que era titular da equipe, perdeu a posição para Gil e enfrentou problemas de contusão.

O volante Fabrício, que não participou do treinamento nesta quinta-feira, fez exercícios na sala de musculação, por estar sentindo cansaço muscular. De acordo com o departamento médico celeste, o jogador não deverá ser problema para o jogo contra o Botafogo.

Já o zagueiro Gustavo foi a campo, nesta quinta-feira, e realizou um trabalho físico à parte com o preparador físico Quintiliano Lemos. O jogador vem se recuperando de uma cirurgia que realizou em 24 de junho para reconstituir o ligamento cruzado anterior do joelho direito.

Fonte: UOL Esporte

Artilheiro do Cruzeiro no Brasileirão com 11 gols, Wellington Paulista desfalcará a equipe mineira nas próximas duas ou três semanas. Submetido a exame de ressonância magnética na noite de terça-feira, o atacante teve diagnosticado um estiramento muscular na panturrilha direita.

De acordo com o médico Octacílio da Matta, a lesão não é grave, mas o jogador terá de ficar em tratamento na Toca da Raposa II. “O Wellington teve um estiramento na região da panturrilha direita, de extensão moderada. Já está em tratamento e vamos ver como vai evoluir”, disse o médico em entrevista ao site oficial do Cruzeiro.

Wellington Paulista machucou-se no clássico com o Atlético-MG na segunda-feira passada, no Mineirão, pelo Brasileirão. O atacante foi o autor do gol que garantiu a vitória celeste sobre o arquirrival, por 1 a 0.

Segundo o médico, o local da contusão requer mais cuidado. “Essa lesão aconteceu em um músculo muito usado para correr, então temos que tomar um certo cuidado. Nós vamos pedir em torno de duas a três semanas para dar uma posição melhor”, afirmou Octacílio da Matta.

O técnico Adilson Batista já não conta com o Kléber, vice-artilheiro do time no Brasileirão com seis gols, que dificilmente volta a atuar nesta temporada. O atacante está sendo operado nesta quarta-feira, em São Paulo, para se livrar de problema no púbis.

Gilberto

O experiente Gilberto aproveitará o fato de cumprir suspensão diante do Botafogo, no próximo domingo no Mineirão, para se recuperar de inflamação no tendão de Aquiles do pé direito. Ele pode voltar ao time na partida contra o Corinthians no dia 25, em São Paulo.

“Essa suspensão do Gilberto foi até interessante para a recuperação dele. Nós vamos ter um prazo maior. Trata-se de uma tendinite no tendão de Aquiles direito e, com esse tempo de repouso, vamos conseguir colocá-lo em condição de jogo para o jogo contra o Corinthians”, ressaltou o médico do Cruzeiro.

Fonte: UOL Esporte

Fora do jogo com o Avaí, no próximo domingo, às 18h30, no estádio da Ressacada, o atacante Kléber não está livre de ser obrigado a passar por cirurgia para solucionar a pubalgia. De acordo com o médico do clube celeste, Sérgio Freire Júnior, no momento não há indicação cirúrgica, mas ele admite que pode haver uma mudança no quadro clínico.

“A gente tem alguns parâmetros, alguns critérios que definem o tratamento cirúrgico ou não. Atualmente, o Kléber está dentro dos critérios que não indicam cirurgia”, explicou Sérgio Freire Júnior. “Como é uma evolução arrastada, trabalhosa, a gente não tem como prever se isso vai evoluir para manter o tratamento conservador ou se vai evoluir para uma indicação cirúrgica”, complementou.

Kléber desfalcou o Cruzeiro em cinco partidas, por causa da pubalgia. Ele voltou a jogar na derrota para o Palmeiras, por 2 a 1, e voltou a campo na vitória sobre o Grêmio Barueri, por 1 a 0. Nesta quinta-feira, Sérgio Freire Júnior informou que o jogador está fora da partida diante do Avaí, poupado para cumprir uma programação especialmente preparada para ele.

Segundo o médico celeste, por causa do desgaste de dois jogos seguidos, numa quarta-feira e no sábado, já era esperado que Kléber voltasse a sentir um incômodo. Por isso, a preocupação em poupá-lo da partida contra o Avaí.

“O que a gente pode falar hoje é que o Kléber não tem indicação cirúrgica, se vai ter vai ser mais para frente e isso permite que ele faça mais algumas partidas”, disse Sérgio Freire Júnior. “Não é descartada nem confirmada uma cirurgia”, acrescentou.

O médico do clube mineiro lembrou que Kléber, contratado pelo Cruzeiro em fevereiro deste ano, já teve outros episódios na região pubiana antes de chegar à Toca da Raposa II. “Foi alguma coisa mais leva que já foi tratada”, observou.

Fonte: Gazeta Esportiva

O volante Marquinhos Paraná pode ser o principal desfalque do time do Cruzeiro para o confronto de domingo, contra o Avaí, em Florianópolis, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador torceu o tornozelo direito na vitória contra o Barueri e preocupa a comissão técnica.

O médico do clube, Sérgio Freire Júnior, disse que o jogador é dúvida para domingo. “É uma entorse de tornozelo, uma situação que preocupa sim, requer cuidados. A gente tem uma semana para a próxima partida e, dessa forma, já inicia tratamento. Vamos avaliando até que tenha condição de liberá-lo. Vamos aguardar a evolução nos próximos dias”, definiu.

De volta aos trabalhos nesta segunda, Marquinhos Paraná vai iniciar tratamento no Centro Avançado de Reabilitação Esportiva (CARE). Atleta que mais atuou pelo Cruzeiro na temporada – esteve em campo em 50 dos 59 jogos do clube – o volante é peça fundamental no esquema do técnico Adílson Batista, que já o escalou como lateral, zagueiro, volante e até como meia armador.

Excetuando duas rodadas do Brasileiro em que estava fortemente gripado (empate em 3 a 3 com o Vitória e derrota de 2 a 1 para o São Paulo), Marquinhos Paraná só ficou fora do time quando o técnico Adílson poupou os titulares e mandou a campo uma equipe formada por reservas e juniores.

Fonte: Site Oficial

O técnico Adilson Batista comandou na manhã desta sexta-feira o único treino antes do jogo de sábado contra o Barueri, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro. Com o tornozelo e o joelho esquerdos ainda doloridos, o volante Fabrício foi poupado da atividade no estádio Arena Barueri e depende de uma reavaliação para saber se joga.

O treinador já não conta com o volante Henrique, suspenso pelo terceiro cartão amarelo e, se Fabrício não reunir condições, considera mudar o esquema de três volantes e um armador no meio-campo, embora Fabinho e Elicarlos estejam na delegação.

“Posso alternar até em função do Barueri, um time rápido, leve, bom, bem dirigido pelo Estevam (Soares) no início e dando sequência agora (com Diego Cerri). Nós temos que ter os devidos cuidados porque precisamos melhorar, não dá para perder mais pontos. Vamos tentar recuperar”, disse Adilson.

O comandante celeste não comandou atividade tática de titulares contra reservas para armar o time que enfrenta o Barueri. No treino desta sexta-feira, os jogadores fizeram uma atividade técnica em campo reduzido, com chutes a gol e cruzamentos.

Fonte: Globoesporte.com

O jogo do Cruzeiro contra o São Paulo custou ao time mineiro mais do que uma simples derrota em casa. Dois jogadores da Raposa se machucaram durante o confronto de domingo e serão desfalques por duas semanas. Depois da confirmação nesta terça-feira da lesão de Wellington Paulista, nesta quarta o departamento médico celeste divulgou que o lateral-direito Jonathan também terá de ficar parado por duas semanas.

De acordo com o site oficial do Cruzeiro, um exame de ressonância magnética identificou uma lesão grau um na coxa direita do jogador.

Assim, Jonathan e Wellington Paulista ficam de fora do jogo contra o Inter, no próximo domingo, e vão tentar enfrentar o Palmeiras no dia 23.

Fonte: Globoesporte.com

O Cruzeiro não poderá contar com o lateral-direito Jancarlos por aproximadamente 30 dias. Um exame de ressonância magnética realizado nesta quarta-feira diagnosticou um estiramento muscular de grau dois na coxa direita do jogador.

– O Jancarlos saiu do jogo contra o Vitória com um incômodo, mas nada que preocupasse a gente. Na terça-feira ele se apresentou com uma dor forte na coxa. Fizemos um exame de ressonância magnética na manhã desta quarta-feira, que confirmou a lesão. Ele precisará de 30 dias para retornar às atividades – explicou o médico Sérgio Freire Júnior, ao site oficial do clube.

A notícia ruim sobre Jancarlos foi amenizada pelo retorno do lateral titular Jonathan, que se recuperou de uma lesão na coxa esquerda e tem chances de enfrentar o São Paulo no domingo. Recém-contratado, Patric ainda não tem condições físicas de atuar pela Raposa.

Fonte: Gazeta Esportiva

As dores abdominais que tiraram o goleiro Fábio do empate contra o Vitória podem deixar o jogador de fora do próximo compromisso do Cruzeiro pelo Campeonato Brasileiro. O arqueiro será reavaliado durante esta semana para saber de terá condições de entrar em campo no Mineirão no próximo domingo.

O médico da Raposa Sérgio Freire Junior explicou o motivo do afastamento do jogador. “O Fábio apresentou uma dor abdominal na quarta e na quinta-feira da semana passada e voltou para Belo Horizonte para seguir com algumas avaliações. Os exames mostraram somente uma pequena inflamação do apêndice, nada evoluído.”

Fábio começou a sentir estas dores antes do empate com o Botafogo na quinta passada. Agora, os médicos irão acompanhar o jogador para ver se o quadro evolui, pois existe a chance do quadro evoluir para uma apendicite. Por isto a cautela em confirmar o goleiro para o jogo contra o São Paulo.

“Na medida em que os dias vão se passando, a chance de haver cirurgia diminui. As chances de melhora são maiores do que de piora. Vamos então aguardar os próximos dias, para ver essa evolução”, concluiu o doutor.

Fonte: Site Oficial

O lateral-direito Jonathan sofreu um estiramento de grau dois (em escala de um a três) no músculo posterior da coxa esquerda, no jogo do último domingo contra o Santos, no Mineirão. O jogador ficará em tratamento por, aproximadamente 20 dias no Centro Avançado de Reabilitação Esportiva (CARE).

Segundo o médico do Cruzeiro, Sérgio Freire Júnior, o lateral-direito sentiu a contusão por volta dos 29 min do segundo tempo, quando acabou substituído pelo zagueiro Gil.

“No final do jogo contra o Santos, o Jonathan sentiu uma dor forte na coxa esquerda. Ontem (segunda-feira), fizemos uma ressonância magnética, que confirmou a lesão. Ele ficará 20 dias em tratamento para poder voltar às atividades”, disse.

O jogador ficou chateado com a contusão, uma vez que atravessava um bom momento e era uma das principais peças ofensivas do time estrelado.

“Eu senti um incômodo no treino da quinta-feira aqui na Toca. Eu vinha em um momento bom e sempre procurei jogar com uma dor suportável para ajudar o Cruzeiro”, destacou.

Siga-nos no Twitter