You are currently browsing the tag archive for the ‘dores’ tag.

Fonte: Gazeta Esportiva

A quinta-feira não foi nada boa para o Cruzeiro. De uma só vez, o técnico Adílson Batista ganhou dois problemas para armar o time que enfrenta o Santos, às 17 horas de domingo, na última rodada do Campeonato Brasileiro: o lateral-esquerdo Athirson foi vetado e o atacante Kléber não pode participar do treinamento.

Athirson estava cotado para atuar na meia esquerda, no lugar do suspenso Gilberto. Entretanto, no treinamento de quarta-feira, ele sentiu uma contusão na coxa esquerda. Um exame de ressonância magnética constatou um estiramento muscular de grau 1 no local e o jogador precisará de pelo menos uma semana para se recuperar. Assim, Athirson nem deve mais jogar pelo Cruzeiro, já que tem contrato até 31 de dezembro e não deve renovar.

O atacante Kléber, por sua vez, não pode treinar por conta de dores nas costas. Sem atuar há mais de dois meses, em função das dores no púbis que o obrigaram a passar por uma cirurgia, realizada pelo médico do Corinthians, Joaquim Grava, o Gladiador também não deve ser convocado para o jogo em Santos.

Na semana passada, Adílson Batista chegou a incluí-lo na lista de relacionados para a partida contra o Coritiba, mas acabou cortado, já que ainda não tinha condições físicas ideais. O próprio jogador havia afirmado que conseguiria jogar apenas “cerca de 25 ou 30 minutos”.

Anúncios

Fonte: Gazeta Esportiva

O técnico do Cruzeiro, Adílson Batista, teve uma boa notícia na reapresentação da tarde desta segunda-feira: o lateral esquerdo Diego Renan, que deixou a partida contra o Corinthians sentindo dores no tornozelo esquerdo, está bem melhor e acredita que poderá jogar contra o Santo André, na próxima quarta-feira, no Mineirão, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Na hora, estava doendo bastante, mas não foi nada de grave, foi apenas uma pancada forte. A dor já diminuiu um pouco e espero que quarta-feira já esteja em condições”, afirmou o jogador.

Diego Renan, que nunca tinha jogado no Pacaembu, estava satisfeito com o futebol demonstrado em São Paulo e já projeta as próximas partidas.

“É sempre bom estrear com vitória, mas o mais importante é a sequência da equipe na competição. Temos dois jogos em casa pela frente para continuar nesta luta pela Libertadores”, declarou.

Para o jogador, todo o grupo está focado nesta meta. “Vamos jogo a jogo. Cada partida agora é uma decisão. Nosso objetivo é chegar no G-4 e tentar essa vaga. Se acontecer algum tropeço dos líderes aí a gente pensa no título, mas, por enquanto, está difícil, é algo muito distante. Nosso alvo é mesmo a Libertadores”, concluiu.

Fonte: UOL Esporte

Depois de perder o atacante Wellington Paulista por duas a três semanas, em conseqüência de um estiramento muscular na panturrilha direita, o Cruzeiro pode ficar sem outro titular para enfrentar o Botafogo, no próximo domingo, no Mineirão. O zagueiro Leonardo Silva sente um incômodo no mesmo local do artilheiro cruzeirense no Brasileiro, com 11 gols.

Ele foi submetido a um exame de ressonância magnética na panturrilha direita, na tarde desta quinta-feira, cujo resultado será conhecido na manhã desta sexta-feira, quando haverá outro treinamento celeste. Dessa forma, Leonardo Silva é dúvida do técnico Adilson Batista para o confronto de domingo.

A vaga de Leonardo Silva, no treino desta quinta-feira, foi ocupada por Thiago Heleno, que era titular da equipe, perdeu a posição para Gil e enfrentou problemas de contusão.

O volante Fabrício, que não participou do treinamento nesta quinta-feira, fez exercícios na sala de musculação, por estar sentindo cansaço muscular. De acordo com o departamento médico celeste, o jogador não deverá ser problema para o jogo contra o Botafogo.

Já o zagueiro Gustavo foi a campo, nesta quinta-feira, e realizou um trabalho físico à parte com o preparador físico Quintiliano Lemos. O jogador vem se recuperando de uma cirurgia que realizou em 24 de junho para reconstituir o ligamento cruzado anterior do joelho direito.

Fonte: Globoesporte.com

O atacante Kléber, do Cruzeiro, passará por uma cirurgia no púbis, nesta quarta-feira, no Hospital São Luiz, em São Paulo. O jogador vinha reclamando de dores no local desde a disputa da Taça Libertadores. Além disso, ele chegou a desfalcar o time em seis rodadas do Campeonato Brasileiro.

O médico Joaquim Grava será o responsável pela cirurgia e terá ao seu lado o doutor Sérgio Freire Júnior, do Cruzeiro

Recentemente, Kléber esteve envolvido em uma polêmica com a torcida cruzeirense. Depois de ficar afastado por causa das dores, o atacante participou de uma pelada em uma festa da torcida do Palmeiras, dias antes do confronto com o time paulista. Foi vaiado durante o jogo e chegou a dizer que queria deixar a Toca da Raposa, mas depois voltou atrás e enfrentou o Barueri, antes de ser novamente vetado pela pubalgia.

Fonte: Globoesporte.com

Depois de perder mais uma partida do Cruzeiro por causa de um problema no púbis, o atacante Kléber pode mudar o tratamento que vem sendo feito. Sentindo dores desde a disputa da Taça Libertadores, o jogador se consultou nesta segunda-feira com o médico Joaquim Grava e cogita até a possibilidade de passar por uma cirurgia. A resposta deve sair nesta terça.

Depois de ficar afastado por cinco partidas, Kléber voltou a ser titular duas vezes, mas voltou a desfalcar a Raposa contra o Avaí, no domingo. O jogador então pediu autorização ao departamento médico e à diretoria do Cruzeiro para se consultar com Joaquim Grava, ex-médico da seleção brasileira e chefe do departamento médico do Corinthians, especialista em lesão no púbis.

– É bom frisar que o Kléber foi autorizado pelo médico do Cruzeiro e pela diretoria a procurar o Joaquim Grava, que é especialista no problema. O jogador já vem jogando com dores há meses e vamos decidir se vai continuar com o tratamento clínico ou se vai tentar o tratamento cirúrgico – explicou Giuseppe Dioguardi, empresário do atleta, por telefone, ao Globoesporte.com.

Nesta segunda-feira, Kléber passou por uma série de exames. Os resultados ficam prontos nesta terça e o atacante volta a encontrar com o médico para decidir o que será feito.

Fonte: Portal R7

O atacante Kleber voltou a sentir uma pubalgia no treino desta quarta-feira (30) e deve ser poupado das atividades do restante da semana. O jogador é dúvida no Cruzeiro para o jogo contra o Avaí, pelo Campeonato Brasileiro, no próximo domingo (4).

O médico do Cruzeiro, Sérgio Freire Júnior, avaliou a lesão, afirmando que a volta das dores no púbis já era esperada.

– É esperado. O aumento de carga na região pubiana traz desconforto. Nós estamos naquela fase de diminuir a carga e poupá-lo para que ele tenha condição de jogo – declarou ao site oficial da Raposa.

Além de Kleber, Guerrón também deixou o treino reclamando de dores lombares. O jogador fará tratamento e também deve ser poupado dos treinamentos.

Fonte: Globoesporte.com

O atacante Kléber voltou aos treinos nesta quinta-feira. Mas ainda não trabalhou com o restante do elenco do Cruzeiro. Ele fez uma atividade à parte com o preparador físico Quintiliano Lemos e segue de fora do time, recuperando-se de dores na região pubiana. A Raposa vai encarar o Inter no próximo domingo sem o Gladiador.

A intenção da comissão técnica é que Kléber volte contra o Palmeiras. Depois de enfrentar o Inter, o Cruzeiro terá dez dias até o confronto contra os paulistas.

– Hoje (quinta-feira) já podemos dizer que ele está sem dor e vem fazendo trabalho de fortalecimento muscular. Na sequência ele vai fazer trabalho com bola, e esperamos que volte a trabalhar com os outros atletas na semana que vem – explicou o médico do clube Sérgio Freire Júnior.

Fonte: Globoesporte.com

O Cruzeiro ganhou um reforço para o jogo contra o São Paulo, no próximo domingo. O goleiro Fábio já não sente mais dores abdominais e está liberado para o duelo. Jonathan e Wellington Paulista ainda são dúvida.

A equipe celeste fez apenas um trabalho físico nesta terça-feira. Os titulares fizeram um treinamento funcional no Centro Avançado de Reabilitação Esportiva e depois foram a campo. Fábio, Jonathan e Wellington Paulista estiveram entre eles. O goleiro foi liberado para jogar depois que os exames mostraram que ele teve uma crise apendicular, que não evoluiu para apendicite, e não precisará ser operado.

Jonathan e Wellington Paulista ainda se recuperam de lesões e serão avaliados pelo departamento médico no decorrer da semana para saber se poderão enfrentar o São Paulo.

Os três reforços que foram apresentados nesta terça-feira – Cláudio Caçapa, Luizão e Patric – foram para o campo e fizeram uma atividade física forte de, aproximadamente 30 minutos com o preparador físico José Mário Campeiz.

– O Caçapa, o Luizão e o Patric estão em um nível de preparação física bem abaixo dos demais jogadores. Ainda é cedo para fazer uma previsão, mas esperamos que eles estejam em breve à disposição do Adilson – avaliou, em entrevista ao site oficial do clube.

Fonte: Gazeta Esportiva

As dores abdominais que tiraram o goleiro Fábio do empate contra o Vitória podem deixar o jogador de fora do próximo compromisso do Cruzeiro pelo Campeonato Brasileiro. O arqueiro será reavaliado durante esta semana para saber de terá condições de entrar em campo no Mineirão no próximo domingo.

O médico da Raposa Sérgio Freire Junior explicou o motivo do afastamento do jogador. “O Fábio apresentou uma dor abdominal na quarta e na quinta-feira da semana passada e voltou para Belo Horizonte para seguir com algumas avaliações. Os exames mostraram somente uma pequena inflamação do apêndice, nada evoluído.”

Fábio começou a sentir estas dores antes do empate com o Botafogo na quinta passada. Agora, os médicos irão acompanhar o jogador para ver se o quadro evolui, pois existe a chance do quadro evoluir para uma apendicite. Por isto a cautela em confirmar o goleiro para o jogo contra o São Paulo.

“Na medida em que os dias vão se passando, a chance de haver cirurgia diminui. As chances de melhora são maiores do que de piora. Vamos então aguardar os próximos dias, para ver essa evolução”, concluiu o doutor.

Siga-nos no Twitter