You are currently browsing the tag archive for the ‘g-4’ tag.

Fonte: Site Oficial

O Cruzeiro inicia neste sábado, às 19h 30, contra o Atlético-PR, a série de três decisões rumo à zona de classificação para a Copa Santander Libertadores. Para o lateral-esquerdo Gilberto, que vem se destacando com a camisa 10, os jogadores precisam minimizar os erros das últimas partidas para alcançar o objetivo de chegar ao G-4.

Gilberto crê que, para o Cruzeiro chegar entre os quatro primeiros, o time terá que vencer seus três compromissos no Brasileiro. O versátil jogador, acredita que o grupo precisa focar-se no trabalho para superar Atlético-PR, Coritiba e Santos.

“É na Arena, depois no Mineirão e na rodada final na Vila Belmiro. Não temos que escolher adversário, momento ou situação. É pegar, jogar e levantar a cabeça. Saber que a equipe errou, mas que ainda tem chance e se apegar no trabalho, com humildade, para conseguir a classificação para a Libertadores”, destacou.

O camisa 10 irá jogar contra o Atlético-PR pendurado com dois cartões amarelos e poderá desfalcar o time em um dos dois jogos finais. Mas Gilberto encara a situação com tranquilidade.

“Eu entrei pendurado contra o Grêmio. Então, não tem muito mistério. Tem que jogar e, se por algum motivo dentro de campo, tomar cartão em jogada normal, tudo bem. O que não pode é tomar cartão por reclamação ou cartão bobo”, observou.

Fonte: Site Oficial

O Cruzeiro jogou para mais de 50 mil torcedores e empatou com o Grêmio, por 1 x 1, na noite deste sábado, perdendo a chance de entrar na tão almejada zona de classificação para a Copa Santander Libertadores. A vitória fugiu das mãos com um gol do argentino Herrera, aos 46 min do segundo tempo.

O time celeste chegou a 55 pontos ganhos e permaneceu na quinta colocação do Campeonato Brasileiro, agora a um ponto do rival Atlético-MG, quarto com 56.

Sem problemas de lesão ou suspensão, o técnico Adilson Batista manteve a formação titular do triunfo por 3 x 2 sobre o Sport, em Recife, há uma semana.

O Grêmio do técnico interino Marcelo Rospide também não apresentou alteração tática em relação ao time que vinha sendo escalado pelo antecessor Paulo Autuori. O time foi armado no 4-3-2-1, com três volantes, dois armadores e um centroavante fixo.

O Cruzeiro encarou um adversário que já não tem chance de chegar ao G-4, mas nem por isso se entregou no campeonato. O jogo foi bastante equilibrado e com alternativas.

O time celeste lutou muito e chegou ao gol aos 20 min do segundo tempo. O camisa 10 Gilberto cobrou pênalti sofrido por Soares em jogada de Guerrón. O Grêmio teve Túlio e Fábio Santos expulsos, mas ainda assim conseguiu o empate já nos acréscimos.

O time celeste terá uma semana de preparação para o próximo compromisso, contra o Atlético-PR, no próximo sábado, às 19h 30, na Arena da Baixada.

Fonte: Site Oficial

Os jogadores celestes têm como missão para este sábado levar o Cruzeiro à zona de classificação para a Copa Santander Libertadores. O time celeste enfrenta o Grêmio, às19h 30, no Mineirão, em quinto lugar no Campeonato Brasileiro, com possibilidade de ultrapassar dois concorrentes diretos.

O Cruzeiro tem 54 pontos ganhos poderá chegar ao terceiro lugar na tábua de classificação, desde que o Flamengo (57) seja derrotado e Atlético-MG (56) não vença seu jogo. Ambos jogam contra times que lutam contra o rebaixamento. Os cariocas enfrentam o Náutico no estádio dos Aflitos e o rival mineiro encara o Coritiba, no Couto Pereira.

O lateral Diego Renan, um dos destaques da Raposa no returno do Brasileirão, crê que uma vitória contra o Grêmio será fundamental o Cruzeiro chegar ao G-4.

“Não podemos mais vacilar em casa. Principalmente jogando contra a grande equipe do Grêmio, e que está na parte de cima. Temos que entrar concentrados, fazer um grande jogo e procurar entrar no G-4 ainda nesta rodada”, observou.

O prata da casa acredita que a força ofensiva dos laterais celestes pode surpreender o adversário.

”Tanto eu como o Jonathan apoiamos bem. Aquele que tiver a oportunidade de subir vai procurar atacar com qualidade, para dar passes aos nossos companheiros ou mesmo marcar gols. Mas temos que esperar a situação do jogo para ver qual lado será mais proveitoso” , destacou.

O atacante Thiago Ribeiro afirmou que o bicampeão Mineiro precisa vencer os quatro jogos para não depender de outros resultados. O velocista ressaltou que, nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, algumas equipes que estão à frente do time estrelado vão ter confrontos diretos.

“Agora não podemos mais errar. A gente errou em alguns jogos, mas dependemos apenas de nós. Se vencermos nossos jogos, entramos no G-4, porque os outros times têm confrontos diretos. Mas temos que fazer nossa parte. Não adianta se preocupar com os outros. Até aqui tem dado certo, já que temos vencido e os outros tropeçados”, disse.

Fonte: Site Oficial

O Cruzeiro lutou muito, foi valente, e venceu o Corinthians, por 1 x 0, na noite deste domingo, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. O quarto triunfo seguido mantém o time celeste vivo na disputa por uma vaga na Copa Santander Libertadores 2010.

O resultado leva o Cruzeiro ao sexto lugar, com 48 pontos ganhos, e mantém a distância de quatro para o São Paulo, que fecha o G-4 do Campeonato Brasileiro, com 52.

O Cruzeiro soube suportar a pressão do Corinthians nos 15 minutos inicias de jogo e cresceu aos poucos, até conquistar terreno e igualar as ações.

O gol da vitória foi marcado pelo camisa 10 Gilberto, aos 40 min da primeira etapa. O volante Marquinhos Paraná encontrou Fabrício na direita, o camisa 5 cruzou rasteiro e Gilberto apareceu na pequena área, atrás da defesa, para fazer 1 x 0.

Para o segundo tempo, Adilson Batista lançou o lateral-esquerdo Fernandinho na vaga do atacante Guerrón, para conter as investidas do lateral-direito Alessandro. O time celeste se segurou como pôde frente à investida do adversário rumo ao gol de empate.

Fábio fez grande defesa aos 10 min, depois que Dentinho lançou Ronaldo, que escorou de cabeça. Da pequena área, Jorge Henrique cabeceou e não passou pela muralha azul. Aos 22 min, foi a vez de o meia-atacante Leandro Lima substituir o cansado Gilberto.

O jogo ganhou contornos dramáticos aos 29 min, quando Fernandinho discutiu com Elias e uma confusão se formou em campo. Como resultado, Fernandinho recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Para completar, Diego Renan teve o tornozelo direito atingido por duas vezes e foi substituído pelo volante Elicarlos aos 37 min.

Com um homem a menos, os comandados de Adilson Batista mostraram muita fibra para segurar a vantagem até o apito final do carioca Péricles Bassols.

Fonte: Site Oficial

Com um gol salvador de Thiago Ribeiro, o Cruzeiro venceu o Botafogo por 1 x 0, na noite deste domingo, no Mineirão, conquistou seu terceiro triunfo seguido no Campeonato Mineiro e manteve a sétima colocação da competição nacional, a apenas quatro pontos da zona de classificação à Libertadores.

O time de melhor campanha no segundo turno volta a campo no próximo domingo, contra o Corinthians, em São Paulo, enquanto a equipe carioca disputará o clássico contra o Flamengo, no mesmo dia, mas antes, na quarta-feira, encara o Cerro Porteño, em Assunção, pelas quartas-de-final da Copa Sul-Americana.

Embalado na competição e com quatro jogos de invencibilidade, o Cruzeiro buscou o ataque desde o início da partida enquanto o adversário, bem fechado atrás, procurava os espaços celestes para tentar surpreender o atual bicampeão mineiro.

Com a defesa botafoguense congestionada, a Raposa apostava nos chutes de longa distância e nos cruzamentos para a área. Mas o goleiro Jefferson estava inspirado e salvou o Botafogo seguidas vezes, a primeira delas em um chute forte do lateral-esquerdo Diego Renan.

Depois, foi a vez dele segurar uma finalização de Leandro Lima, após o meia-atacante desviar cruzamento de Diego Renan. Ainda no primeiro tempo, Jefferson defendeu um chute de Guerrón e, em duas ocasiões, saiu muito bem do gol, nos pés de Thiago Ribeiro, evitando as finalizações do atacante celeste.

O Botafogo, jogando nos contra-ataques, demorou, mas quando chegou próximo do gol do Cruzeiro, deu muito trabalho ao arqueiro estrelado, como em dois chutes de Victor Simões, nos minutos finais da primeira etapa.

Apesar de os dois times terem voltado para o segundo tempo com as mesmas escalações, o jogo ficou bem diferente, mais disputado no meio-de-campo. Aos 7 minutos, Leandro Lima recebeu a bola e chutou de primeira, para fora.

Em seguida, o técnico Adilson Batista mexeu na equipe e colocou Fernandinho, que voltou a jogar depois de sete meses ausente por causa de uma cirurgia no joelho esquerdo, e Soares nos lugares de Leandro Lima e Guerrón.

As alterações tiveram resultado imediato e, aos 17 minutos, o Cruzeiro finalmente abriu o marcador. Jonathan lançou Thiago Ribeiro, que passou pela zaga do Botafogo e chutou firme, na saída de Jefferson. Cruzeiro 1 x 0.

Atrás no marcador e com a possibilidade de voltar à zona de rebaixamento, o Botafogo se mandou para o ataque e quase empatou, dois minutos depois, em um chute de André Lima, que Fábio defendeu bem.

O técnico Adilson Batista fez a última alteração, substituindo Henrique por Fabinho, para dar sangue novo ao meio-de-campo. Mas, aos 32, Soares levou uma pancada na cabeça e teve que sair de campo, deixando o Cruzeiro com um jogador a menos, já que o treinador celeste havia feito as três substituições.

A pressão do Botafogo aumentou ainda mais, o time carioca teve chance de empatar, mas não conseguiu ultrapassar o goleiro Fábio, que, nos instantes finais, fez duas importantes defesas, principalmente em um chute de Rodrigo Dantas.

Fonte: Gazeta Press

Há duas semanas, o técnico do Cruzeiro, Adílson Batista, afirmou que o objetivo era vencer os três jogos seguidos no Mineirão para se aproximar dos líderes. Ao vencer o Goiás por 3 a 0 e o Atlético-MG por 1 a 0, o clube chegou ao sétimo lugar. Entretanto, para completar a missão, o time terá que superar um jejum, já que, no atual Campeonato Brasileiro, ainda não conseguiu três vitórias consecutivas.

“Era nossa meta conseguir essas três vitórias. Temos que fazer prevalecer o mando de campo mais uma vez, até porque depois temos um jogo duro contra o Corinthians, no Pacaembu”, afirmou o atacante Thiago Ribeiro.

No primeiro turno, o clube esteve perto das três vitórias consecutivas, mas foi “barrado” exatamente pelo Botafogo. Depois de vencer o Flamengo, no Maracanã, e o Náutico, no Mineirão, o Cruzeiro acabou empatando com os cariocas no Engenhão.

Caso consiga a vitória sobre o Botafogo, dependendo dos demais resultados da rodada (derrota do Galo para o São Paulo e empate entre Goiás e Avaí), o Cruzeiro pode ficar a apenas dois pontos do G-4.

Fonte: UOL Esporte

Na sétima colocação do Campeonato Brasileiro, com 42 pontos, o Cruzeiro busca se aproximar do grupo de quatro equipes que se classificarão à Copa Libertadores de 2010. A equipe está a cinco pontos do quarto colocado Atlético-MG. Para alcançar o seu objetivo, o time comandado pelo técnico Adilson Batista não terá confrontos diretos nos nove jogos que restam no Brasileirão.

Apesar de ter jogos apenas contra adversários que estão abaixo na tabela, o atacante Thiago Ribeiro não espera por facilidades. “Não tem essa de estar acima na tabela. A gente estava abaixo de Goiás e Atlético e vencemos os dois jogos. É manter a seriedade, a gente conseguiu subir várias posições. Hoje, a nossa motivação é bem maior do que rodadas atrás”, salientou.

O volante Henrique compartilha da expectativa por dificuldades. “Todos os jogos, independente da posição que a outra equipe ocupe na competição, sempre vão ser difíceis e decisivos para nós. Temos que mirar os objetivos que nós temos para conquistá-los”, ressaltou.

Na próxima rodada, o Cruzeiro recebe o Botafogo, no Mineirão. A equipe carioca tenta se livrar do rebaixamento. Na rodada seguinte, o time mineiro enfrenta o Corinthians, no Pacaembu. Oitavo colocado no Brasileirão, o time paulista já tem vaga assegurada à Libertadores de 2010, uma vez que foi campeão da última Copa do Brasil.

Na sequência, o Cruzeiro terá pela frente, outros três adversários que lutam contra a queda para a Série B. No Mineirão, o time celeste enfrenta Santo André e Fluminense, enquanto a partida contra o Sport será na Ilha do Retiro.

Na 35ª rodada, será a vez da equipe mineira receber o Grêmio, atualmente na nona colocação. Depois do tricolor gaúcho, os compromissos seguintes serão contra Atlético-PR e Coritiba. Os dois times paranaenses estão fora da zona de rebaixamento, mas ainda tentam encerrar as possibilidades de queda. Na última rodada, o Cruzeiro vai à Vila Belmiro enfrentar o Santos, atualmente na 13ª colocação.

No primeiro turno, diante desses nove adversários, o Cruzeiro somou 12 de 27 pontos possíveis (44,44% de aproveitamento). Foram três vitórias, sobre Santo André, e Sport e Coritiba, três empates, diante de Botafogo, Fluminense e Santos, e outras três derrotas, para Corinthians, Grêmio e Atlético-PR.

Fonte: Site Oficial

O time celeste mostrou força, lutou o tempo todo e garantiu a vitória por 1 x 0 sobre o Atlético-MG, na tarde desta segunda-feira, resultado decisivo para as pretensões do Cruzeiro de disputar a Copa Santander Libertadores em 2010. A distância da zona de classificação caiu para cinco pontos, a serem retirados em nove rodadas.

O Cruzeiro tem agora 42 pontos ganhos, salta da 11ª para a sétima colocação e entra de vez na briga por uma das quatro vagas. Ao final da 29ª rodada, o Atlético-MG fecha o G-4 com 47 pontos.

O Cruzeiro teve apenas uma alteração em relação ao time que venceu o Goiás na quinta-feira. o volante Fabrício retornou de suspensão e ocupou a vaga de Elicarlos no meio-campo. O camisa 10 Gilberto recuperou-se de inflamação no tendão de Aquiles do pé direito e foi a campo. O meia-atacante Leandro Lima ficou no banco de reservas.

Já o rival contou com o retorno do atacante Éder Luís, recuperado de corte no tornozelo esquerdo. O zagueiro Benítez substituiu o suspenso Jorge Luiz formou dupla com Werley.

O gol da vitória por marcado logo aos 11 min do primeiro tempo, pelo atacante Wellington Paulusta. A defesa celeste teve muita competência e garantiu o 1 x 0 até o final.

O time celeste terá seis dias até o terceiro jogo consecutivo no Mineirão. O Cruzeiro enfrentará o Botafogo, no próximo domingo, a partir das 18h 30.

O jogo

Os rivais fizeram um primeiro tempo movimentado e com boas alternativas no Mineirão. O Cruzeiro foi mais objetivo e finalizou seis vezes, duas delas com correção. Já o Atlético-MG chutou quatro vezes a gol, três delas no rumo do gol defendido por Fábio. A primeira etapa teve 17 infrações, dez delas cometidas pelo time celeste.

O time celeste começou melhor e mostrou que queria sair na frente. O gol poderia ter saído logo aos 5 min, quando o volante Henrique cruzou da intermediária e o atacante Thiago Ribeiro se antecipou ao goleiro Carini, mas cabeceou para fora.

Mas estava desenhado que o jogo aéreo poderia ser um grande arma para o Cruzeiro e assim saiu o 1 x 0. Aos 11 min, Thiago Ribeiro avançou pela direita e acertou belo cruzamento, na medida para Wellington Paulista cabecear, sozinho, no canto direito.

O gol premiou o bom futebol mostrado pelo Cruzeiro nos minutos iniciais. O time celeste manteve a posse de bola e não teve a meta ameaçada. O Atlético-MG só foi finalizar aos 12 min, quando o atacante Renteria chutou fraco, da entrada da área e Fábio defendeu.

A partir daí, o jogo ficou mais equilibrado. A defensiva celeste passou a ter mais trabalho e protegeu com muita eficiência a grande área, sem dar espaço a finalizações.

Aos 37 min, Adilson Batista foi obrigado a mexer na equipe. Wellington Paulista, que recebera atendimento médico aos 22 min, deixou o campo com uma pancada na panturrilha direita. O equatoriano Guerrón entrou e logo recebeu passe de Gilberto pela direita, acreditou no lance e chutou sem ângulo. Carini defendeu com o pé.

Fábio só foi ter mais trabalho nos minutos finais. Aos 41 min, o lateral-esquerdo Thiago Feltri arriscou de muito longe e o camisa 1 caiu para defender em dois tempos. Aos 46 min, o volante Carlos Alberto chutou forte e o arqueiro celeste espalmou.

O Cruzeiro voltou do intervalo com o volante Elicarlos no lugar de Gilberto. Sem alterações, o Atlético-MG foi para o ataque em busca do gol de empate. A pressão foi grande nos minutos iniciais a novamente a defesa celeste saiu-se bem. Em lance perigoso, Thiago Feltri arrematou firme de dentro da área e Fábio mandou a escanteio.

Aos 14 min, Adilson Batista fez a terceira substituição. O meia-atacante Leandro Lima foi para o jogo, na vaga de Thiago Ribeiro. O novato passou a formar dupla com Guerrón.

O panorama da partida não mudou muito e o Cruzeiro lutou com muita garra para manter a vantagem. Fábio voltou a aparecer bem em cobrança de falta perigosa de Correa, da intermediária, aos 25 min. A certa altura, o time abdicou de atacar e tocou a bola para fazer o tempo passar, estratégia que surtiu resultado e esfriou o jogo nos minutos finais.

Fonte: UOL Esporte

A partida contra o Palmeiras, na próxima quarta-feira, abre uma série de cinco jogos do Cruzeiro contra equipes que estão à sua frente no Campeonato Brasileiro. A equipe mineira quer utilizar essa sequência para diminuir a diferença para a ponta da tabela.

Depois de enfrentar o líder Palmeiras, em casa, o Cruzeiro joga duas vezes longe de seus domínios, contra o Grêmio Barueri, oitavo colocado, na Arena Barueri, e contra o Avaí, décimo colocado, na Ressacada. A sequência terá três será encerrada com duas partidas no Mineirão, diante do quinto e quarto colocados, Goiás e Atlético-MG.

“Temos uma sequência muito importante até o jogo contra o Atlético Mineiro, então a gente espera que seja da melhor maneira possível dentro de campo e consiga os bons resultados”, afirmou o goleiro Fábio. Ele observa que nos dois últimos jogos o Cruzeiro enfrentou equipes à sua frente. Após perder por 2 a 1 para o São Paulo, no Mineirão, o time celeste venceu o Internacional, por 3 a 2, em Porto Alegre.

“Desde a partida contra o São Paulo, a gente esteve muito perto de conseguir uma vitória, infelizmente, por detalhes, a gente saiu derrotado. Mas ficou o pensamento de fazer uma excelente sequência para o Cruzeiro alcançar as metas no Brasileiro. O jogo contra o Inter foi fundamental para recuperar esses pontos perdidos dentro do Mineirão contra o São Paulo”, comentou Fábio.

O Cruzeiro terá nove dias para se preparar para essa sequência, já que o jogo diante do Palmeiras foi adiado para quarta-feira, dia 23, a pedido da televisão. Nesse período, o time mineiro está tentando recuperar jogadores lesionados, como os atacantes Wellington Paulista e Kléber, os laterais Jonathan e Jancarlos e o volante Fabinho.

“É importante para recuperar jogadores que já estão há algum tempo sem atuar. Vai ser bom para termos jogadores importantes para esse momento que teremos pela frente contra equipes difíceis. Vai ser válido para o Cruzeiro tirar proveito e fazer um bom trabalho nesses dez dias”, salientou Fábio.

Fonte: Globoesporte.com

O duelo com o Palmeiras, marcado para o próximo dia 23, no Mineirão, já é o foco dos jogadores do Cruzeiro. Sem compromissos até lá, o atacante Thiago Ribeiro pede concentração dos companheiros para que a equipe celeste reencontre o bom futebol do primeiro semestre e continue a sonha com o G-4 do Brasileirão.

– Temos muitos dias para treinar e corrigir o que está errado. O resultado contra o Inter nos deu mais tranquilidade, mas precisamos ter um aproveitamento grande para continuar sonhando com uma vaga na Libertadores. Vou procurar fazer o meu melhor – disse o atacante, que marcou quarto gols nos últimos sete jogos, em entrevista à TV Cruzeiro.

Para dar continuidade à arrancada celeste, o jogador acredita que a equipe mineira precisa aproveitar o “fator Mineirão” para superar o Palmeiras, atual líder da competição nacional com 44 pontos, 12 a mais que a equipe de Adilson Batista.

– Vai ser um jogo difícil, assim como foi contra o São Paulo. Como vamos jogar em casa, precisamos pressioná-los para conseguir o resultado. Precisamos muito desses pontos. Estamos bem atrás dos outros (times) na tabela – completou.

Siga-nos no Twitter

  • @Thiagodans Bom dia, o seu pedido confirmou e foi realizada a personalização. Finalizaremos a sua entrega até o dia 25/08.postado 23 hours ago
  • @Leonard78748011 bom dia! Não temos como efetuar a troca do produto, pois o produto que enviamos para vc sofreu alteração.postado 23 hours ago
  • @Thiagodans Oi, boa tarde! Verei o andamento da sua entrega. Qual é o número do seu pedido?postado 1 day ago
  • @MichaelLucio boa tarde! Estou aguardando a disponibilidade do fornecedor para oferecer mais produtos. Acompanhe o nosso site.postado 1 day ago
  • @Leonard78748011 boa tarde! Nós administramos a loja virtual do ShopCruzeiro. Não temos ligação com as lojas físicas.postado 1 day ago