You are currently browsing the tag archive for the ‘intercâmbio’ tag.

Fonte: Site Oficial

O Departamento de Futebol de Base do Cruzeiro recebeu nesta semana, para uma visita de quatro dias, dois professores de educação física e cinco estudantes da Suécia, que realizam trabalhos escolares sobre futebol. A delegação sueca chegou na segunda-feira e retornará para a Europa na manhã desta quinta.

As estudantes cursam no país escandinavo o equivalente ao último ano do ensino médio brasileiro. A visita da delegação sueca é a primeira experiência do departamento internacional do Cruzeiro com o futebol feminino.

As suecas vieram comparar o trabalho de base do Brasil com o da Suécia. Além da pesquisa, as estudantes doarão para clubes brasileiros materiais esportivos arrecadados no país escandinavo, através de um projeto social.

O coordenador do Cruzeiro Internacional, Pedro Henrique Moreira, explica que o Clube passou a cogitar receber delegações com mulheres após a inauguração do hotel da Toca da Raposa I, em novembro de 2008.

“As alunas suecas vieram para o Brasil para estudar e vamos apresentá-las ao nosso futebol. Nós só começamos a receber delegações femininas após a conclusão do hotel, porque assim podemos oferecer um serviço de qualidade para elas, já que antes todo mundo ficava junto”, observou.

Os professores Daniel Bergman e Johanna Bergman conheceram o Cruzeiro na última Gothia Cup, realizada em Gotemburgo, na Suécia. Na ocasião, o time juvenil conquistou o vice-campeonato da competição e o Clube fez pareceria com o BK Halmstads, que proporcionou à delegação sueca vir a Belo Horizonte.

Amanda Blomkvist de 18 anos mostrou que conhece o potencial das categorias de base do Cruzeiro. A estudante ressaltou que o time celeste é uma referência no mundo esportivo.

“Viemos para o Cruzeiro porque sabemos que o Clube é um dos melhores do Brasil em revelar jogadores”, ressaltou. .

Johanna Bergman destaca que esta experiência será benéfica para as estudantes e para a Suécia. A professora acredita que as estudantes poderão ajudar no desenvolvimento do futebol no país. 

“É uma oportunidade para as alunas conhecerem culturas diferentes. Aprender sobre o futebol brasileiro, conhecer novas ideias e tentar aplicar na Suécia, através de palestras. Importante também fazer um papel social ajudando quem necessita”, destacou.

De acordo com o departamento de futebol internacional do Cruzeiro, o Clube recebe anualmente cerca de 600 pessoas no projeto de intercâmbio.

Anúncios

Siga-nos no Twitter

Anúncios