You are currently browsing the tag archive for the ‘internacional’ tag.

Fonte: GloboEsporte.com

O Cruzeiro aparece como o sexto melhor time do mundo no ranking divulgado pela IFFHS (Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol), divulgada nesta segunda-feira. A lista reúne mais sete equipes brasileiras entre os 100 melhores do mundo, que se baseia nos resultados dos últimos 12 meses dos clubes em competições nacionais e internacionais. É a melhor posição que o time mineiro já atingiu.

O Barcelona-ESP é o melhor time do mundo, de acordo com a IFFHS, com 322 pontos. O Estudiantes de la Plata-ARG é o melhor da América, e divide a segunda posição com o Werder Bremem-ALE com 284 pontos. Dois ingleses vem na sequência: o Chelsea aparece em quarto (281) e o Manchester United em quinto (274). O Cruzeiro tem 256 pontos, principalmente graças ao vice-campeonato da Taça Libertadores em 2009.

Entre os brasileiros, dois rivais gaúchos vêm depois do Cruzeiro: o Internacional é o 35º (176) e o Grêmio o 43º (171). Dois paulistas dividem a 49ª posição: São Paulo e Palmeiras (167). O Fluminense vem logo a seguir em 52º (166), o Corinthians está em 57º (159), e o Flamengo é o 70º (144).

Para efeito de qualificação, os campeonatos nacionais são classificados em níveis de um a quatro. O Campeonato Brasileiro tem cotação quatro, juntamente com os campeonatos Alemão, Francês, Argentino, Italiano, Espanhol, e Inglês. Cada vitória pela competição vale quatro pontos, empate dois, e derrota zero.

A Taça Libertadores tem o mesmo valor que a Liga dos Campeões. Cada vitória pelo torneio vale 14 pontos; empate sete e derrota zero. Já a Copa Sul-Americana recebe os mesmos valores da Liga Europa. Doze por vitória, seis por empate e zero por derrota.

Anúncios

Fonte: UOL Esporte

Com o retorno de Marquinhos Paraná, recuperado de uma forte gripe, o técnico Adilson Batista poderá escalar diante do Internacional, no próximo domingo, o trio de volantes de sua confiança na partida em Porto Alegre, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os outros dois são Fabrício e Henrique.

No início do ano passado, quando assumiu o comando técnico do Cruzeiro, Adilson Batista indicou a contratação de Marquinhos Paraná, Henrique e Fabrício, com os quais trabalhou no Jubilo Iwata, do Japão. Os dois primeiros foram, ainda, seus jogadores no Figueirense.

“Dois trabalharam comigo no Figueirense, e os três trabalharam comigo no Jubilo, no Japão. E eles já sabem o que eu quero”, observou Adilson Batista, que destacou o retorno de Marquinhos Paraná, desfalque nos dois últimos jogos do Brasileirão.

Paraná cumpriu suspensão no empate com o Vitória, por 3 a 3, em Salvador. Liberado para enfrentar o São Paulo, o volante acabou vetado por causa de uma forte gripe e não participou da derrota por 2 a 1 para o tricolor paulista, no Mineirão.

“Ele se sentiu mal na quarta-feira (dia 2), não foi possível contar com ele no jogo com o São Paulo”, afirmou Adilson Batista, que destacou a importância de Paraná para a equipe mineira.

“É um jogador importante no esquema tático, importante na posse de bola e recuperação de bola, na organização e em acalmar. Mesmo não falando muito, com a postura que ele tem, os jogadores respeitam”, ressaltou o treinador.

Fonte: Globoesporte.com

O atacante Kléber voltou aos treinos nesta quinta-feira. Mas ainda não trabalhou com o restante do elenco do Cruzeiro. Ele fez uma atividade à parte com o preparador físico Quintiliano Lemos e segue de fora do time, recuperando-se de dores na região pubiana. A Raposa vai encarar o Inter no próximo domingo sem o Gladiador.

A intenção da comissão técnica é que Kléber volte contra o Palmeiras. Depois de enfrentar o Inter, o Cruzeiro terá dez dias até o confronto contra os paulistas.

– Hoje (quinta-feira) já podemos dizer que ele está sem dor e vem fazendo trabalho de fortalecimento muscular. Na sequência ele vai fazer trabalho com bola, e esperamos que volte a trabalhar com os outros atletas na semana que vem – explicou o médico do clube Sérgio Freire Júnior.

Fonte: Site Oficial

Com a necessidade de vencer para buscar os três pontos fora de casa e subir na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro encara o Internacional, vice-líder da competição, no próximo domingo, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Os atletas do time celeste, que foram liberados pela comissão técnica logo após a partida contra o São Paulo, domingo, no Mineirão, retomam as atividades na tarde de terça-feira, na Toca da Raposa II.

O técnico Adilson Batista terá novamente à sua disposição, os zagueiros Leonardo Silva e Thiago Heleno, que cumpriram suspensão diante do time paulista. Leonardo Silva ficou de fora por ter recebido o terceiro cartão amarelo no empate com o Vitória e Thiago Heleno pela expulsão na mesma partida.

Outros atletas também podem reforçar o Cruzeiro, em especial o atacante Kleber e o volante Marquinhos Paraná. O Gladiador se recupera de uma pubalgia, que o tirou das quatro últimas partidas da equipe e Paraná não enfrentou o São Paulo por causa de uma forte gripe.

Os últimos jogadores contratados pela diretoria celeste, o meia-atacante Leandro Lima, o lateral-direito Patric e os zagueiros Luizão e Cláudio Caçapa também têm chances de jogar, especialmente Caçapa, que ficou no banco de reservas na partida contra o São Paulo.

Já o atacante Wellington Paulista, que sentiu uma fisgada na coxa direita no início da partida de domingo e teve que deixar o campo para a entrada de Soares, será reavaliado pelo departamento médico da Raposa e ainda não sabe se estará novamente à disposição do treinador para o confronto contra o Internacional.

Siga-nos no Twitter