You are currently browsing the tag archive for the ‘reforços’ tag.

Fonte: Site Oficial

O atacante Kieza vestiu a camisa celeste e concedeu a primeira entrevista coletiva como jogador do Cruzeiro na noite desta segunda-feira, depois de terminada a atividade em dois períodos na Toca da Raposa II. O jogador de 23 anos assinou contrato por quatro temporadas e projetou uma passagem de sucesso pelo Clube.

Kieza foi apresentado pelo diretor de futebol celeste, Eduardo Maluf, que explicou a contratação do jogador, feita em conjunto com um grupo investidor. O atleta vinha sendo observado desde o ano passado e chega após rescindir compromisso com o Fluminense.

“É um jogador que assinou contrato de quatro anos com o Cruzeiro. Os direitos do Kieza passam a pertencer 50% à (empresa) Ability (Sports) e 50% ao Cruzeiro e a um investidor. O valor do investimento é de R$ 2 milhões”, detalhou Maluf.

Sorridente, Kieza lembrou que o cartão de visitas à torcida celeste foi um tanto amargo. Em 26 de julho de 2009, ele marcou o gol do Fluminense no empate por 1 x 1, no Mineirão, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“No jogo contra o Cruzeiro tive a oportunidade de fazer um gol e jogar bem. Estou bastante feliz de estar aqui nesse Clube que é um dos maiores do Brasil, uma estrutura que poucos têm aqui. Vou fazer o máximo para ajudar o professor Adilson (Batista) e o grupo”, disse.

O capixaba Kieza já começou a trabalhar no sábado, depois de concluir os exames médicos, e participou dos dois treinos desta segunda-feira. Ele agradeceu a receptividade que teve dos funcionários e atletas e se disse feliz na nova casa.

“Todo mundo me acolheu bem, o grupo é maravilhoso. Desde a rouparia aos diretores, fui muito bem recebido. Estou feliz por fazer parte desse grupo”, comentou.

O jogador pode se encaixar bem em um grupo de jogadores que primam pela versatilidade, característica muito valorizada pelo técnico Adilson Batista. Kieza começou a carreira no Espírito Santo como segundo atacante e viveu dias de centroavante no Fluminense.

“Quando fui para o Fluminense, me caracterizei por ficar mais dentro da área, fixo e me dei bem. Acho que aqui eu vou conseguir jogar dessa maneira. Mas antes eu atuava pelas pontas, vinha de trás com a bola, tinha capacidade de vir com a bola pelas laterais, com velocidade. Acho que posso fazer as duas funções”, definiu.

Kieza teve passagem de quase um ano no Fluminense e se destacou em parte do Campeonato Brasileiro 2009, na época em que marcou o gol contra o Cruzeiro. A partir dali, uma lesão o atrapalhou e o jogador busca espaço agora no time celeste.

“Cheguei lá na época do Parreira e não tive muitas oportunidades. Depois que o Renato assumiu eu comecei a jogar e evoluí bastante. Depois o Cuca assumiu e eu me machuquei em um jogo da Sul-Americana e fiquei quase três meses parado. Não conseguir voltar à minha melhor forma e este ano não joguei muito. Preferi vir para o Cruzeiro”, recordou.

Anúncios

Fonte: UOL Esporte

Mais novo reforço do Cruzeiro, o meia Roger, de 31 anos, se apresenta ao novo clube nesta quinta-feira à tarde para realizar exames médicos e assinar contrato por duas temporadas. O jogador revelado pelo Fluminense estava no futebol do Qatar.

A contratação de Roger foi anunciada na sexta-feira 29 pelo vice-presidente de futebol, Gustavo Perrella, que deu a notícia por meio de seu twitter. Nessa quarta-feira à noite, o dirigente confirmou a chegada do jogador ao Brasil.

Roger rescindiu o contrato com Al-Sailiya, do Qatar, e antecipou a apresentação ao Cruzeiro. O vínculo do meia com o clube do Oriente Média terminaria somente em abril, o que poderia retardar a chegada do experiente jogador à Toca da Raposa.

Como o Cruzeiro se classificou para a fase de grupos da Libertadores, ao golear o Real Potosí, da Bolívia, por 7 a 0, na noite de quarta-feira no Mineirão, Roger poderá reforçar o time comandado por Adilson Batista na sequência da competição continental.

Além do Fluminense, Roger defendeu o Corinthians, com quem conquistou o Brasileirão 2005, o Flamengo e o Grêmio. Fora do Brasil, além do clube do Qatar, ele atuou pelo Benfica, de Portugal.

Fonte: UOL Esporte

O meia Pedro Ken e o atacante Ânderson Lessa, caras novas no elenco do Cruzeiro neste início de pré-temporada e que já vinham participando das atividades, com os seus companheiros, serão oficialmente apresentados pelo clube celeste, nesta quarta-feira, às 16h, na Toca da Raposa II.

Os dois jogadores se apresentaram ao clube na última segunda-feira, primeiro dia da pré-temporada, quando fizeram seus exames médicos. Aprovados nessa avaliação, os dois atletas assinaram seus contratos com o Cruzeiro e serão apresentados em entrevista coletiva.

Pedro Ken defendeu o Coritiba, no Campeonato Brasileiro do ano passado, e teve sua contratação anunciada pelo Cruzeiro antes mesmo do término da competição nacional, em 2009.

Já Ânderson Lessa, revelado pelo Náutico, clube que defendeu no último Campeonato Brasileiro, teve parte de seus direitos econômicos adquiridos pelo Cruzeiro ainda no início de 2009. Nesta temporada, o jovem atacante foi incorporado ao elenco cruzeirense e será apresentado como reforço do clube.

Fonte: Gazeta Esportiva

Questionado por parte da torcida por não ter anunciado nenhuma contratação de peso até agora, o presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, não se preocupa. Para ele, o grande reforço foi o fato de ter mantido o grupo titular. Mesmo sem pressa, o dirigente garante que ao menos uma novidade vem por aí: mais um atacante.

“A gente pretende trazer mais um atacante e para isso vamos precisar que saia alguém. Não temos propostas pelo Wellington Paulista e nem pelo Kléber. Na verdade, são especulações de empresários. O mercado funciona até o dia 31 de janeiro e a maioria das negociações vão ocorrer depois do dia 15”, destacou ao site do clube.

Zezé Perrella disse que o clube está atento ao mercado. “Trazer um jogador só para falar que trouxemos, não justifica. Nós queremos trazer mais um atacante. Ainda acredito que vai surgir uma proposta para alguém. Mas se não aparecer, nosso ataque é este. Nós temos várias opções para o ataque, além do retorno do Kléber, que é um grande reforço”, disse.

“Queremos trazer um meia, para ter uma opção a mais. Hoje, temos o Gilberto bem, mas acredito que precisamos de mais uma opção ali. Se aparecer um grande negócio, um jogador que venha com condições de assumir a titularidade, nós vamos trazer”, acrescentou.

Sobre o ‘presente de Natal’ tão esperado pela torcida, Perrella se utilizou de certa dose de ironia. “Demos o presente antecipado para o torcedor, que foi a classificação para a Libertadores, quando a maioria das pessoas não acreditavam. Acho que o Cruzeiro teve uma reação surpreendente no Brasileiro”, concluiu.

Fonte: Globoesporte.com

A diretoria do Palmeiras nunca escondeu o desejo de contar novamente com o atacante Kléber, agora no Cruzeiro. Para isso, o Verdão está disposto até a envolver o meia Diego Souza, grande aposta de lucro da parceira Traffic, na transação. Giuseppe Dioguardi, agente do Gladiador, admite que o meio-campista alviverde tem mais valor no mercado atual, mas aprova a negociação.

– Hoje, o Diego vale mais que o Kléber. É um jogador que vestiu a camisa da seleção recentemente e tem um mercado um pouco melhor, porque o Kléber ficou machucado. Acho que seria melhor uma troca. O Diego tem uma coisa importante de poder disputar a Libertadores. De repente, para a Traffic também seja mais interessante, pois é um jogador que pode ir para a Copa – afirmou o empresário à Rádio Bandeirantes.

Kléber deixou saudades no Palestra Itália pelo desempenho que teve no ano passado. Agora, é visto pelo presidente Luiz Gonzaga Belluzzo como a peça ideal para reforçar o ataque, setor tão criticado durante a temporada 2009, principalmente pelo baixo rendimento de Vagner Love.

A seu favor, o Palmeiras tem o péssimo clima de Kléber na Toca da Raposa. Desde que apareceu em uma festa de uma torcida organizada do Palmeiras, o jogador passou a ser criticado pela torcida mineira e sempre se mostrou favorável a uma negociação.

Diego Souza também não vive uma lua de mel com os alviverdes. O jogador caiu de rendimento na reta final do Brasileirão e começou a ser questionado pela torcida. O problema é que a Traffic, que gastou mais de R$ 9 milhões na compra dos direitos dele, gostaria de negociá-lo com o exterior para reaver o dinheiro investido.

Fonte: Gazeta Esportiva

A diretoria do Cruzeiro não confirma, mas o reforço ‘de peso’ pedido pelo técnico Adílson Batista para a próxima temporada pode ser anunciado nos próximos dias: Kléber Pereira. O atacante já adiantou que não seguirá no Santos e deixou o caminho aberto para o clube celeste.

Segundo Daniel Pereira, irmão e procurador do jogador, o Cruzeiro, através de seu presidente, Zezé Perrella, já fez sua oferta, a primeira oficial, segundo ele.

“A proposta do Cruzeiro já está comigo. Vou conversar e deixar tudo certinho com o Kléber para que ele decida aonde vai jogar. Muitos clubes ligam perguntando, mas proposta mesmo é a do Cruzeiro. Tem também conversas do exterior, mas o Kléber não tem mais esse projeto de sair do país. Ele quer morar e jogar no Brasil”, afirmou Daniel ao jornal Lance!.

Nesta temporada, Kléber Pereira balançou as redes 30 vezes em 56 partidas. Ele foi o artilheiro do Santos no Brasileirão, com 14 gols. O jogador também teria sido indicado ao Atlético-MG pelo técnico Wanderley Luxemburgo, com quem trabalhou no time paulista. Entretanto, a negociação não evoluiu.

Caso a contratação de Kléber Pereira seja concretizada, o Cruzeiro deve negociar algum de seus atacantes. Atualmente, o clube já conta com seis jogadores para o setor: Wellington Paulista, Thiago Ribeiro, Kléber, Guerrón, Eliandro e Anderson Lessa. Sem contar com Soares, que está contundido e ainda deve ficar um bom tempo longe dos gramados.

Fonte: Globoesporte.com

O Cruzeiro é mais um clube brasileiro a se interessar pelo armador colombiano Macnelly Torres, de 25 anos, atualmente no Colo-Colo, do Chile. O Santos esteve perto de concretizar a contratação do jogador, mas não houve acordo. O Palmeiras também está na disputa para acertar com o colombiano.

O GLOBOESPORTE.COM apurou que o presidente da Raposa, Zezé Perrella, ficou de se reunir nesta quinta-feira em Belo Horizonte com um investidor que estaria disposto a contratar Macnelly Torres em parceria com o clube.

– O Zezé me disse que a única reunião que ele teve hoje foi política. E o Cruzeiro não comenta nomes – afirmou o diretor de comunicação do Cruzeiro, Guilherme Mendes.

Nascido em Barranquilha, Torres tem 1,75m e foi revelado pelo Atlético Junior, da Colômbia. Em 2005, se transferiu para o Deportivo Cúcuta, pelo qual foi campeão colombiano em 2006. Ele soma 24 jogos pela seleção colombiana e está no Colo-Colo desde 2008.

Fonte: UOL Esporte

O atacante Anderson Lessa, revelado pelo Náutico, não será o único jogador a ser integrado ao Cruzeiro para a próxima temporada. De acordo com o vice-presidente de futebol celeste, Gustavo Perrella, alguns jogadores que estavam emprestados deverão passar a fazer parte do elenco cruzeirense em 2010.

O lateral-direito Marcos, de 20 anos, que disputou a Série B do Brasileirão pelo Bahia também integrará o elenco cruzeirense em 2010. “Temos jogadores voltando para o elenco, caso do Anderson Lessa, do Marcos, um lateral-direito que jogou muito bem no Bahia esse ano e tem grandes clubes o procurando”, observou Gustavo Perrella, em entrevista à Rádio Itatiaia.

O dirigente reafirmou, no entanto, o interesse do Cruzeiro em utilizar o lateral-esquerdo Júlio César, que defendeu o Goiás no Brasileirão, numa possível negociação. “Temos o Júlio César que devemos utilizar como uma moeda de troca, porque o Cruzeiro hoje não vê carência na posição”, comentou.

Anderson Lessa teve seu nome anunciado na semana passada como “reforço” cruzeirense para 2010. O Cruzeiro detém parte dos direitos econômicos deste atacante desde o princípio de 2009, mas ele nunca havia defendido as cores do clube mineiro.

Fonte: Gazeta Esportiva

Depois de chegar muito perto dos títulos da Libertadores e do Campeonato Brasileiro deste ano, o técnico do Cruzeiro, Adílson Batista, já avisou: o time precisa de reforços para ser campeão em 2010.

A diretoria do clube segue tentando realizar contratações, mas enquanto não chegam novos jogadores, o treinador prefere exaltar a base cruzeirense.”Nós não estamos vendendo jogadores como estão noticiando. A base está pronta, está mantida, tem contrato”, afirmou Adílson Batista em entrevista à Rádio Itatiaia, desconversando sobre a chegada de reforços.

“O Zezé Perrella (presidente do clube) e o Maluf (diretor de futebol) estão trabalhando alguns nomes sim para que a gente se fortaleça, porque é um ano de competições importantes e nós precisamos ter um elenco forte”, afirmou.

Sobre o zagueiro Alex Silva, do Hamburgo, da Alemanha, e o atacante Ricardo Oliveira, do Al-Jazira, dos Emirados Árabes, especulados como possíveis reforços celestes, o treinador também evitou comentários objetivos.

“São nomes importantes, bons jogadores, mas isso é interno, isso é o Zezé que está resolvendo”, disse.

Alex Silva não teria se adaptado ao futebol alemão e já manifestou interesse em voltar para disputar a Libertadores. Já a situação de Ricardo Oliveira é mais complicada. O clube árabe pagou 14 milhões de euros pelo atacante e não vai querer liberá-lo sem boa compensação financeira.

Fonte: UOL Esporte

O técnico Adilson Batista adotou cautela ao comentar o caso de doping do atacante Jóbson, que chegou a ser anunciado como reforço do Cruzeiro para a temporada de 2010. O treinador cruzeirense deixou a cargo da diretoria do clube mineiro a decisão sobre a confirmação da contratação do jogador, que defendeu o Botafogo no Brasileirão 2009.

“Tem que aguardar a contraprova. Isso é com o Cruzeiro. É como eu sempre digo: vamos aguardar. A gente precisa esperar o jogador ser examinado, ver se está em reais condições e assinar. Não adianta eu comentar de um jogador que ainda nem chegou”, afirmou Adilson Batista, em entrevista à Rádio Itatiaia.

Jóbson tem contrato com o Botafogo até 31 de dezembro. O Cruzeiro ainda não pagou nenhuma parcela do valor oferecido ao Brasiliense, detentor dos direitos do atacante. Assim, o jogador só poderia ser oficialmente do clube mineiro a partir de 1º de janeiro.

Adilson Batista preferiu não criar expectativa em cima de Jóbson. “Acontecem um monte de situações que a gente tem que aguardar mesmo o tempo da apresentação para depois falar do atleta. Isso está na mão da direção, se vem ou não, se vai fazer outro exame. Eu tenho outras preocupações no momento”, disse.

Jóbson foi pego em exame antidoping na partida em que o Botafogo derrotou o Coritiba por 2 a 0, em 8 de novembro, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. A diretoria do Cruzeiro aguarda o resultado da contraprova nesta quarta-feira 16 para se manifestar se manterá a contratação do atacante.

O clube investiria R$ 900 mil para pagar por 20% dos direitos do jogador. Um investidor seria o responsável pelo restante do pagamento da aquisição de 80% dos direitos, num total de R$ 4,5 milhões.

Siga-nos no Twitter