You are currently browsing the tag archive for the ‘superação’ tag.

Fonte: Globoesporte.com

O bom retrospecto do Cruzeiro nos jogos fora de casa anima alguns integrantes do elenco celeste. Líder da equipe, o capitão Leonardo Silva é um dos que está empolgado para a próxima partida, diante do Atlético-PR, no sábado, às 19h30m, na Arena da Baixada. Para ele, o momento da Raposa no campeonato é de superação.

– A gente teve a possibilidade de estar no G-4, mas agora temos que nos superar, tentar vencer esses jogos que nos restam. Estamos com uma boa campanha fora de casa e temos que aproveitar isso. Mas temos também que mostrar vontade sempre, dentro e fora – avaliou o jogador, em entrevista à Rádio Globo.

Nesta terça-feira, o elenco da Raposa folgou, a exemplo de domingo, dia seguinte do empate com o Grêmio, em 1 a 1. Com 55 pontos, na sexta colocação, o Cruzeiro briga ainda por uma vaga na Libertadores e têm chances remotas de conquistar o título. O Furacão é o 15º na tabela de classificação, com 43 pontos, e briga para não cair.

Anúncios

Fonte: Globoesporte.com

Se o Palmeiras está tranquilo na liderança geral do Campeonato Brasileiro, o mesmo não pode se dizer do segundo turno. Afinal, após a rodada deste meio de semana, o Verdão, ao ficar no empate diante do Avaí, perdeu o primeiro lugar para o Cruzeiro, que superou o Goiás, por 3 a 0. As duas equipes têm os mesmos 17 pontos, mas o saldo de gols celeste é melhor que o da equipe paulista.

Fechando o G-4 do returno, encontram-se São Paulo em terceiro e Flamengo em quarto. O Atlético-MG teve a maior queda entre os times do alto da tabela, indo do terceiro para o sétimo lugar, após perder para o Botafogo, até porque todos estão muito próximos neste returno. Basta ver que a diferença de pontos do primeiro colocado para o último é de apenas dez pontos.

Na parte de baixo da tabela de classificação do segundo turno, o Botafogo também deixou o Z-4, subindo de penúltimo para o 16º lugar, ficando à frente de Avaí e Barueri, que não repetem a boa campanha da primeira metade da competição, além dos ameaçados Náutico e Fluminense. Outro que mostrou poder de reação nesta rodada foi o Internacional, que subiu da 18ª posição para a 14ª devido à vitória, por 3 a 1, sobre o Timbu.

Fonte: Portal Terra

As expulsões têm sido um problema recorrente do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro. O time pode ser titular, misto ou reserva, não importa, jogar com dez é sempre complicado. O cartão vermelho do lateral Diego Renan na noite desta quarta-feira, contra o Sport, foi o sétimo recebido pelos jogadores celestes em 14 jogos no Brasileiro.

Destas sete expulsões, cinco aconteceram no primeiro tempo, o que é mais grave. Somente em um caso, um jogador adversário também foi para o chuveiro mais cedo – na briga entre Kléber e Lauro, no empate por 1 a 1 entre Cruzeiro e Internacional. Ao todo, o retrospecto cruzeirense com dez em campo é de duas vitórias, dois empates e três derrotas.

Como uma destas vitórias foi nesta quarta, contra o Sport, o momento é de festa. “O Cruzeiro é raça, é vontade. O time não estava em uma situação boa, mas eu tenho certeza de que, depois deste jogo, o Cruzeiro vai começar a subir na classificação do campeonato”, prometeu o meia Bernardo, ainda empolgado.

O volante Fabrício também valorizou o esforço dos atletas. “É difícil jogar com um a menos assim. Nosso time realmente se superou, é um time bom o do Sport, mas a gente fez prevalecer a nossa força aqui dentro e a qualidade do nosso time. A gente espera que não seja assim nos outros jogos, tão sofrido”, pediu.

Já Wellington Paulista destacou o fato de que todas estas expulsões ocorreram em gramados grandes, o que aumenta o desgaste físico. Uma delas foi no Maracanã, enquanto as outras seis ocorreram no Mineirão.

“Estamos muito bem fisicamente, temos que ressaltar isto”, apontou o atacante. “É dar os parabéns para o José Mário (Campeiz), nosso preparador físico”, completou, reconhecendo o trabalho da comissão técnica.

Relembre as expulsões do Cruzeiro no Brasileiro:

Jancarlos – Cruzeiro 2 x 0 Flamengo (14/5)
Kléber – Cruzeiro 1 x 1 Internacional (7/6)
Fabinho – Cruzeiro 2 x 4 Barueri (21/6)
Zé Carlos – Cruzeiro 0 x 3 Atlético-MG (12/7)
Leonardo Silva – Cruzeiro 1 x 2 Corinthians (19/7)
Leonardo Silva – Fluminense 1 x 1 Cruzeiro (26/7)
Diego Renan – Cruzeiro 1 x 0 Sport (29/7)

Siga-nos no Twitter