You are currently browsing the category archive for the ‘1’ category.

Fonte: Terra.com.br

O desempenho do Cruzeiro jogando em casa na história da Copa Libertadores é impressionante. Em 57 jogos, foram 47 vitórias, seis empates e somente quatro derrotas. Este é o trunfo da equipe mineira no duelo contra o Nacional-URU, pelas oitavas de final da competição sul-americana.

Nesta edição da Libertadores, o Cruzeiro venceu todos os jogos que fez em Belo Horizonte, tendo marcado 16 gols e sofrido apenas um. Nem o fato de fazer o segundo jogo fora de casa assusta os jogadores cruzeirenses.

“Ano passado foi assim. Só as oitavas, contra o Universidad de Chile e a final contra o Estudiantes foram no Mineirão. As outras jogamos fora de casa. Então a gente espera ser feliz como no ano passado e ser campeão neste ano”, afirmou o atacante Wellington Paulista ao site oficial do clube.

O volante Marquinhos Paraná também disse não se importar em decidir fora de casa. “Para mim o importante foi classificar. Agora temos que jogar bem e fazer um bom resultado em casa para ter mais tranqüilidade no segundo jogo”.

Anúncios

A Shop Cruzeiro traz mais uma promoção imperdível.

A Camisa do Cruzeiro está com R$70 de desconto. Esta é uma ótima oportunidade para você garantir a sua!

Em tecido Play Dry e tecnologia KINETICFIT, a camisa dispersa o suor e ainda se ajusta ao formado do corpo do jogador, de forma inteligente.

Ela conta com aplicação do patrocinador na parte frontal e a disponibilidade de personalização do número nas costas e no peito.

Aproveite o desconto especial e garanta aqui a sua Camisa do Cruzeiro!

Fonte:

Depois de o Cruzeiro utilizar equipes mistas no Campeonato Mineiro e ser eliminado nas semifinais pelo Ipatinga, o presidente Zezé Perrella descartou a possibilidade de usar os reservas no Campeonato Brasileiro enquanto o time estiver disputando simultaneamente a Copa Libertadores. A declaração do mandatário cruzeirense recebeu o apoio dos jogadores.

O volante Marquinhos Paraná, que disputa a Libertadores pelo terceiro ano consecutivo, colocou-se à disposição para atuar nas duas competições. “O presidente está certo. Eu mesmo sempre estou à disposição. Tivemos que poupar, a comissão achou melhor. Perdemos na semifinal, mas o Cruzeiro é grande, temos que levantar a cabeça e seguir firme e forte. Temos de pensar só na Libertadores, depois vem uma competição grande e longa que é o Brasileiro”, afirmou.

As semifinais e a fase final da Copa Libertadores serão disputadas depois da Copa do Mundo da África do Sul. Até o Mundial, o Campeonato Brasileiro terá sete rodadas. Assim, o Cruzeiro será obrigado a conciliar os dois torneios, caso avance na competição internacional.

O atacante Wellington Paulista acatou prontamente a orientação de Zezé Perrella. “Ele é o presidente, ele que manda. Se pudesse escalar, ele escalaria. Como não é ele que escala, ele fala o que bem quiser. O professor escalando o time certo, a gente vai fazer o melhor para sair vitorioso”, disse.

Fora da decisão do Campeonato Mineiro, o atacante destacou que o Cruzeiro se concentrará na Copa Libertadores. “O foco maior é a Libertadores. O Perrella vem dizendo que não quer que poupe ninguém, temos o objetivo grande de ganhar o Brasileiro. Mas a Libertadores vem primeiro e iremos em busca do título que não conseguimos no ano passado”, observou Wellington Paulista.

Fonte: GloboEsporte.com

Quatro jogos encerram a fase de grupo da Libertadores da América nesta quinta-feira. Mas apenas um deles interessa ao Cruzeiro. Internacional x Deportivo Quito, às 19h30m, no Beira-Rio decide o adversário da Raposa nas oitavas de final da competição continental.

Segundo melhor segundo colocado (décimo na classificação geral), o Cruzeiro pegará o time com a sétima melhor campanha na próxima fase. E apenas três equipes podem chegar nessa posição: Universidad de Chile, Nacional (URU) e Internacional.

Se o jogo entre Inter e Deportivo Quito terminar empatado, o adversário será o Universidad de Chile. Em caso de vitória equatoriana por qualquer placar, a Raposa encara o Nacional.

Caso o Colorado saia vitorioso, o adversário celeste dependerá do saldo de gols: 1 a 0 coloca o Universidad de Chile no caminho mineiro; 2 a 0 resulta em confronto brasileiro entre Inter e Cruzeiro; a partir de 3 a 0 o Nacional enfrenta a equipe celeste.

– Temos que trabalhar independentemente de quem vamos enfrentar. Na Libertadores, não muda muito o estilo das equipes. Todas têm tradição e um elenco de qualidade. Temos que trabalhar e esperar – afirmou o atacante Kléber.

A dica de hoje é uma ótima pedida e alternativa bacana para quem curte as camisas de Cruzeiro.

O modelo de treino possui as mesmas tecnologias da camisa de jogo, a Play Cool, a qual dispersa o calor do corpo e auxilia na evaporação do suor.

Com design diferente e arte gráfica que destaca as estrelas do Cruzeiro, ela é uma ótima opção para você usar no estilo casual ou praticar esportes.

Numa promoção imperdível, a camisa esta com um desconto de R$ 60!

Aproveite a oportunidade e garanta aqui a sua Camisa de Treino do Cruzeiro!

Fonte: Cruzeiro.com.br

O Cruzeiro deu início nesta quarta-feira a uma semana de trabalho que visa colocar os jogadores em um melhor estágio físico e técnico e aperfeiçoar o aspecto tático da equipe. Depois do treino na caixa de areia pela manhã, os jogadores fizeram uma atividade funcional de prevenção a lesões, seguida de exercício de posse de bola em campo.

A semana de treinamento encerra uma sequência de 17 partidas em 58 dias. Isso significa dizer que o time celeste entrou em campo uma vez a cada 3,4 dias em cerca de dois meses.

O preparador físico José Mario Campeiz ficou à frente da maior parte do treinamento nesta quarta-feira. Ele diz que o tempo para treinar até o jogo de ida das oitavas de final da Copa Santander Libertadores, na próxima semana, será bem aproveitado.

“Sempre que temos um período maior para treinamento, o objetivo é aprimorar as capacidades físicas. Não só a parte física, mas técnica e tática também são muito importantes nesse momento. Temos mais alguns dias para aqueles atletas que, por ventura, estavam um pouco debilitados, voltando de lesão, se recuperarem”, observou Campeiz.

O trabalho na caixa de areia é um exemplo de como a semana sem jogo é algo atípico para um time que disputa a Libertadores. É um exercício praticado pela última vez na pré-temporada, em janeiro, uma vez que demanda tempo de recuperação.

“Trabalhamos resistência e força na caixa de areia. É uma atividade que os atletas gostam muito, é muito motivante para eles. Ajuda bastante no desenvolvimento do sistema neuromuscular. Por termos um período hábil, escolhemos esse treino. Na sequência vamos aprimorar velocidade e agilidade, que são capacidades importantíssimas”, detalhou.

Fonte: GloboEsporte.com

A excursão do Cruzeiro para os Estados Unidos em junho está praticamente fechada. Nos últimos dias, o clube acertou o terceiro amistoso que será contra o Red Bull, em New Jersey, e, agora, resta a Raposa assinar o contrato com a New Creation Sports.

– Os três jogos estão acertados, mas dependemos ainda de alguns detalhes – explicou ao LANCE! Valdir Barbosa, diretor internacional do Cruzeiro.

Existe a possibilidade de o time fazer um quarto jogo no intervalo do dia 13 ao dia 17. O primeiro duelo será contra a Seleção do Haiti, no dia 10, em Fort Lauderdale. No dia 13, a Raposa pegará o New England Revolution, em Boston.

– Inicialmente são os três jogos. Tem esse intervalo e se tiver alguma outra coisa estamos abertos – disse Barbosa.

O Cruzeiro receberá por cada jogo, conforme revelou com exclusividade ao LANCE! o presidente do clube Zezé Perrella, uma cota de US$ 250 mil (R$ 437 mil) livre de impostos. As despesas da viagem também serão custeadas pelos organizadores.

Perfeito para os finais de semana na praia ou em casa mesmo, eles são confortáveis e práticos.

Os Chinelos do Cruzeiro vão completar o visual cruzeirense, agora dos pés a cabeça.

Por ser  confeccionado em borracha natural, ele oferece um conformo maior.

O emblema do clube, as estrelas e a cor azul celeste dão ao chinelo um visual cruzeirense de primeira!

O relevo no solado do chinelo, em ambos os lados, são para evitar os escorregões e dar maior segurança.

Garanta aqui o seu Chinelo do Cruzeiro!

Fonte: Uol.com.br

Apesar de reconhecer a chateação da torcida do Cruzeiro com a eliminação no Campeonato Mineiro para o Ipatinga, na semifinal, após a derrota por 3 a 1, no domingo, o técnico Adilson Batista diz não ter dúvidas que a equipe contará com o apoio dos torcedores celestes na Libertadores.

O Cruzeiro está classificado para a fase de oitavas de final do clube cruzeirense, por ter se garantido como um dos seis melhores segundos colocados, no empate com o Colo-Colo, em 1 a 1, na última quinta-feira. O time celeste aguarda a definição dos demais classificados, o que acontecerá entre terça e quinta-feiras desta semana, para conhecer o seu adversário.

“Da Libertadores eles (os torcedores) gostam. Jogam junto, apóiam, incentivam. Vamos entrar com um time forte e ter tempo para trabalhar. Vamos esperar o adversário. É outro jogo e tenho certeza que eles vão jogar junto”, afirmou Adilson Batista.

A primeira partida do Cruzeiro pelas oitavas de final da Libertadores deverá acontecer no próximo dia 28, no Mineirão, pelo fato de o time brasileiro ter terminado em segundo lugar no grupo 7 da competição internacional. O segundo jogo inicialmente está marcado para 5 de maio, no campo do adversário, que ainda será definido.

Dessa forma, o Cruzeiro terá oito dias de preparação antes do primeiro jogo. Os jogadores celestes receberam dois dias de folga e voltam a trabalhar na próxima quarta-feira, com treinamento em tempo integral, o que se repetirá na quinta-feira também. De sexta-feira a domingo, os treinos serão realizados pela manhã.

Fonte: Cruzeiro.com.br

A queda no Campeonato Mineiro não diminuiu a confiança dos jogadores do Cruzeiro na busca pelo tricampeonato da Copa Santander Libertadores. Para o goleiro Fábio, um dos destaques do time na temporada, os jogadores precisam levantar a cabeça e trabalhar forte para seguir adiante na competição continental.

“Não pode influenciar, porque é uma competição diferente. A gente tem o sonho de conquistar (a Libertadores) e disputar um torneio mundial. Agora, temos que pensar no trabalho que temos pela frente e buscar as vitórias novamente”, observou.

Como terminou a fase de grupos da Libertadores na segunda posição do grupo 7, o Cruzeiro tem que esperar o término da rodada nesta quinta-feira para conhecer seu próximo adversário. Consciente disso, Fábio afirmou que ficará atento aos jogos.

“A gente vai treinar e esperar nosso adversário na Libertadores. Vamos acompanhar os jogos desta semana”, observou.

Já o armador Gilberto ressaltou que o time celeste tem potencial para conquistar a Libertadores e o Campeonato Brasileiro.

“Vamos continuar trabalhando, tentando fazer o melhor com esta camisa para que o Cruzeiro consiga sempre chegar aos títulos, que é o que pede a camisa, o Clube e a torcida”, destacou.